GILSONNETO.COM

16 agências do Banese vão passar por restruturação para funcionar como escritório de negócios

Banco diz que mudanças não vão impactar na demissão de funcionários e no fechamento de agências.
16 agências do Banese vão passar por restruturação para funcionar como escritório de negócios
Foto: Ana Lícia Menezes
24

16 agências do Banese vão passar por restruturação para funcionar como escritório de negócios

G1/SE

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) informou, nesta quinta-feira (13), que vai reestruturar o atendimento de 16 agências para que elas passem a funcionar, a partir do dia 13 de março, como escritório de negócios.

As agências são: Pirambu, Itabi, Canhoba, Santo Amaro, Rosário do Catete, Aparecida, Malhador, Riachuelo, Areia Branca, Poço Verde, Siriri, Japoatã, Cristinápolis, Indiaroba, Poço Redondo e Aracaju (Agência Marcelo Déda).

Apesar da mudança, o banco informou que não fechará nenhuma agência no interior do estado e nem demitirá funcionários. E que no novo modelo, o atendimento aos clientes deve ser mantido e as operações de negócios continuarão sendo realizadas na própria unidade. As transações de caixa poderão ser realizadas através dos correspondentes bancários, caixas eletrônicos e aplicativo.

O diretor-administrativo do Sindicato dos Bancários, Claudio Cerqueira, afirma que medida vai trazer prejuízos aos clientes e funcionários. De acordo com ele, essas agências não terão atendimento nos caixas e a orientação do banco será a utilização do auto-atendimento.

"Entendemos que a população ficará prejudicada não tendo à disposição o atendimento dos caixas para fazer pagamentos e retiradas. E tem muitas pessoas que possuem dificuldades com o acesso do equipamento eletrônico. Isso também vai trazer prejuízo aos funcionários, que terão que ser remanejados para outros municípios, e trará prejuízos para a vida em família desses empregados. Então, o sindicato não concorda. Estaremos tomando as providências necessárias para que pessoas possam enfrentar essa dificuldade”, disse o diretor.

OUVIR NOTÍCIA

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) informou, nesta quinta-feira (13), que vai reestruturar o atendimento de 16 agências para que elas passem a funcionar, a partir do dia 13 de março, como escritório de negócios.

As agências são: Pirambu, Itabi, Canhoba, Santo Amaro, Rosário do Catete, Aparecida, Malhador, Riachuelo, Areia Branca, Poço Verde, Siriri, Japoatã, Cristinápolis, Indiaroba, Poço Redondo e Aracaju (Agência Marcelo Déda).

Apesar da mudança, o banco informou que não fechará nenhuma agência no interior do estado e nem demitirá funcionários. E que no novo modelo, o atendimento aos clientes deve ser mantido e as operações de negócios continuarão sendo realizadas na própria unidade. As transações de caixa poderão ser realizadas através dos correspondentes bancários, caixas eletrônicos e aplicativo.

O diretor-administrativo do Sindicato dos Bancários, Claudio Cerqueira, afirma que medida vai trazer prejuízos aos clientes e funcionários. De acordo com ele, essas agências não terão atendimento nos caixas e a orientação do banco será a utilização do auto-atendimento.

"Entendemos que a população ficará prejudicada não tendo à disposição o atendimento dos caixas para fazer pagamentos e retiradas. E tem muitas pessoas que possuem dificuldades com o acesso do equipamento eletrônico. Isso também vai trazer prejuízo aos funcionários, que terão que ser remanejados para outros municípios, e trará prejuízos para a vida em família desses empregados. Então, o sindicato não concorda. Estaremos tomando as providências necessárias para que pessoas possam enfrentar essa dificuldade”, disse o diretor.

Fonte

G1/SE

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Polícia
Polícia busca imagens para identificar quem jogou feto na Jabotiana
Polícia busca imagens para identificar quem jogou feto na Jabotiana
VISUALIZAR
Mundo
Califórnia quer anular 85 mil condenações por maconha
Califórnia quer anular 85 mil condenações por maconha
VISUALIZAR
Entretenimento
Noiva de José de Abreu fala sobre 'olhar julgador' por diferença de idade
Noiva de José de Abreu fala sobre 'olhar julgador' por diferença de idade
VISUALIZAR
Mundo
Investigadores descobrem sinais misteriosos vindos do Espaço
Investigadores descobrem sinais misteriosos vindos do Espaço
VISUALIZAR
Polícia
Acidentes com ônibus são responsáveis por 12,3% das mortes nas rodovias federais de Sergipe
Acidentes com ônibus são responsáveis por 12,3% das mortes nas rodovias federais de Sergipe
VISUALIZAR
Entretenimento
Tatá Werneck passa Bruna Marquezine em número de seguidores no Instagram
Tatá Werneck passa Bruna Marquezine em número de seguidores no Instagram
VISUALIZAR