GILSONNETO.COM

Defesa de Lula pedirá soltura imediata nesta 6ª feira

Com base em julgamento no STF
Defesa de Lula pedirá soltura imediata nesta 6ª feira
Sérgio Lima/Poder360
13

Defesa de Lula pedirá soltura imediata nesta 6ª feira

Poder 360

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedirão à Justiça, nesta 6ª feira (8.nov.2019), a soltura imediata do petista. O pedido, a ser encaminhado à juíza Carolina Lebbos (12ª Vara Federal de Curitiba) tem como base a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que, nesta 5ª feira (7.nov), definiu que é inconstitucional a prisão de réus que ainda têm recursos pendentes de análise nas Instâncias superiores.

Em nota divulgada imediatamente após o julgamento do STF, que terminou com placar 6 a 5, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska T. Martins disseram que irão conversar com o ex-presidente antes de pedirem liberdade a ele. A defesa promete ainda reiterar pedido ao Supremo para que sejam julgados habeas corpus que pedem a declaração da nulidade do processo que levou Lula à prisão –o caso tríplex da Lava Jato– em razão da suspeição do juiz responsável pela sentença, o hoje ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública).

Os advogados comentam que o resultado do julgamento que proibiu sentenças após condenação em 2ª Instância “reforça que o ex-presidente Lula está preso há 579 dias injustamente e de forma incompatível com a lei (CPP, art. 283) e com a Constituição da República“.

Lula não praticou qualquer ato ilícito e é vítima de “lawfare”, que, no caso do ex-presidente, consiste no uso estratégico do Direito para fins de perseguição política“, dizem os advogados.

Condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso tríplex a 8 anos e 10 meses de prisão, Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde abril do ano passado –justamente após ter a sentença confirmada pelo tribunal de 2ª Instância, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região).

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DA DEFESA DE LULA:

O julgamento das ADCs concluído hoje (07/11/19) pelo STF reforça que o ex-presidente Lula está preso há 579 dias injustamente e de forma incompatível com a lei (CPP, art. 283) e com a Constituição da República (CF/88, art. 5º, LVII), como sempre dissemos.

Após conversa com Lula nesta sexta-feira levaremos ao juízo da execução um pedido para que haja sua imediata soltura com base no resultado desse julgamento do STF, além de reiterarmos o pedido para que a Suprema Corte julgue os habeas corpus que objetivam a declaração da nulidade de todo o processo que o levou à prisão em virtude da suspeição do ex-juiz Sergio Moro e dos procuradores da Lava Jato, dentre inúmeras outras ilegalidades.

Lula não praticou qualquer ato ilícito e é vítima de “lawfare”, que, no caso do ex-presidente, consiste no uso estratégico do Direito para fins de perseguição política.

OUVIR NOTÍCIA

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedirão à Justiça, nesta 6ª feira (8.nov.2019), a soltura imediata do petista. O pedido, a ser encaminhado à juíza Carolina Lebbos (12ª Vara Federal de Curitiba) tem como base a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que, nesta 5ª feira (7.nov), definiu que é inconstitucional a prisão de réus que ainda têm recursos pendentes de análise nas Instâncias superiores.

Em nota divulgada imediatamente após o julgamento do STF, que terminou com placar 6 a 5, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska T. Martins disseram que irão conversar com o ex-presidente antes de pedirem liberdade a ele. A defesa promete ainda reiterar pedido ao Supremo para que sejam julgados habeas corpus que pedem a declaração da nulidade do processo que levou Lula à prisão –o caso tríplex da Lava Jato– em razão da suspeição do juiz responsável pela sentença, o hoje ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública).

Os advogados comentam que o resultado do julgamento que proibiu sentenças após condenação em 2ª Instância “reforça que o ex-presidente Lula está preso há 579 dias injustamente e de forma incompatível com a lei (CPP, art. 283) e com a Constituição da República“.

Lula não praticou qualquer ato ilícito e é vítima de “lawfare”, que, no caso do ex-presidente, consiste no uso estratégico do Direito para fins de perseguição política“, dizem os advogados.

Condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso tríplex a 8 anos e 10 meses de prisão, Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde abril do ano passado –justamente após ter a sentença confirmada pelo tribunal de 2ª Instância, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região).

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DA DEFESA DE LULA:

O julgamento das ADCs concluído hoje (07/11/19) pelo STF reforça que o ex-presidente Lula está preso há 579 dias injustamente e de forma incompatível com a lei (CPP, art. 283) e com a Constituição da República (CF/88, art. 5º, LVII), como sempre dissemos.

Após conversa com Lula nesta sexta-feira levaremos ao juízo da execução um pedido para que haja sua imediata soltura com base no resultado desse julgamento do STF, além de reiterarmos o pedido para que a Suprema Corte julgue os habeas corpus que objetivam a declaração da nulidade de todo o processo que o levou à prisão em virtude da suspeição do ex-juiz Sergio Moro e dos procuradores da Lava Jato, dentre inúmeras outras ilegalidades.

Lula não praticou qualquer ato ilícito e é vítima de “lawfare”, que, no caso do ex-presidente, consiste no uso estratégico do Direito para fins de perseguição política.

Fonte

Poder 360

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Sergipe
Corpo do radialista Humberto Mendonça é sepultado em Aracaju
Corpo do radialista Humberto Mendonça é sepultado em Aracaju
VISUALIZAR
Mundo
Trump quer que Apple se envolva na construção de infraestrutura 5G nos EUA
Trump quer que Apple se envolva na construção de infraestrutura 5G nos EUA
VISUALIZAR
Brasil
Galvão Bueno é internado, Luis Roberto vai narrar final da Libertadores
Galvão Bueno é internado, Luis Roberto vai narrar final da Libertadores
VISUALIZAR
Polícia
Suspeito de matar vítima a pedradas é preso em Monte Alegre
Suspeito de matar vítima a pedradas é preso em Monte Alegre
VISUALIZAR
Entretenimento
'A Vida Invisível' é indicado ao Independent Spirit Awards 2020
'A Vida Invisível' é indicado ao Independent Spirit Awards 2020
VISUALIZAR
Municípios
Levantamento registra avanço da seca em Sergipe no mês de outubro
Levantamento registra avanço da seca em Sergipe no mês de outubro
VISUALIZAR