GILSONNETO.COM

Marido e mulher morrem com 20 minutos de diferença entre eles depois de passarem 70 anos juntos

Um ex-delegado e uma ex-gerente de lavanderia se conheceram no colégio, se casaram aos 20 anos
Marido e mulher morrem com 20 minutos de diferença entre eles depois de passarem 70 anos juntos
Foto: Leah Smith/Reprodução/Via AP
51

Marido e mulher morrem com 20 minutos de diferença entre eles depois de passarem 70 anos juntos

G1/Mundo

O homem e a mulher norte-americanos que viveram juntos durante 70 anos morreram com 20 minutos de diferença entre os dois no estado de Michigan, nos Estados Unidos, no começo deste mês.

Les e Freda Austin, ambos de 90, deram entrada em uma casa de repouso no dia 6 de dezembro e estavam em camas vizinhas quando faleceram no dia seguinte. Os dois haviam se conhecido na escola e se casaram em 1949.

Os dois haviam comemorado os 70 anos de casamento em novembro. O velório vai acontecer na terça-feira (24), na cidade de Mason, no estado do Michigan.

Les foi um sargento de polícia, e Freda foi gerente de uma lavanderia na cidade de Jackson.

Os dois deixam dois filhos, quatro netos e oito bisnetos.

Um outro casal de norte-americanos que havia convivido durante mais de 70 anos em junho de 2019 –naquela ocasião, a mídia do país noticiou que podia se tratar da "síndrome do coração partido": uma notícia impactante que causa estresse e gera um ataque do coração.

OUVIR NOTÍCIA

O homem e a mulher norte-americanos que viveram juntos durante 70 anos morreram com 20 minutos de diferença entre os dois no estado de Michigan, nos Estados Unidos, no começo deste mês.

Les e Freda Austin, ambos de 90, deram entrada em uma casa de repouso no dia 6 de dezembro e estavam em camas vizinhas quando faleceram no dia seguinte. Os dois haviam se conhecido na escola e se casaram em 1949.

Os dois haviam comemorado os 70 anos de casamento em novembro. O velório vai acontecer na terça-feira (24), na cidade de Mason, no estado do Michigan.

Les foi um sargento de polícia, e Freda foi gerente de uma lavanderia na cidade de Jackson.

Os dois deixam dois filhos, quatro netos e oito bisnetos.

Um outro casal de norte-americanos que havia convivido durante mais de 70 anos em junho de 2019 –naquela ocasião, a mídia do país noticiou que podia se tratar da "síndrome do coração partido": uma notícia impactante que causa estresse e gera um ataque do coração.

Fonte

G1/Mundo

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Mundo
Opositor Umaro Sissoco Embalo eleito presidente da Guiné-Bissau
Opositor Umaro Sissoco Embalo eleito presidente da Guiné-Bissau
VISUALIZAR
Mundo
Netanyahu diz que buscará imunidade parlamentar contra acusações em casos de corrupção
Netanyahu diz que buscará imunidade parlamentar contra acusações em casos de corrupção
VISUALIZAR
Sergipe
Voos em Sergipe registram recorde de passageiros em novembro
Voos em Sergipe registram recorde de passageiros em novembro
VISUALIZAR
Sergipe
Programa de Renegociação de Dívidas contabiliza mais de cinco mil adesões
Programa de Renegociação de Dívidas contabiliza mais de cinco mil adesões
VISUALIZAR
Municípios
Município de Itabi realizará Réveillon com Amor 2020
Município de Itabi realizará Réveillon com Amor 2020
VISUALIZAR
Sergipe
Dois homens morrem em troca de tiros com a polícia em Laranjeiras
Dois homens morrem em troca de tiros com a polícia em Laranjeiras
VISUALIZAR