GILSONNETO.COM

MENU
Logo
Sexta, 23 de outubro de 2020
Publicidade
Publicidade

Política

“Não temos medo”, diz Boulos depois da PF intimá-lo por crítica a Bolsonaro

Diz que Bolsonaro quer intimidar

39
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os advogados de Guilherme Boulos (PSOL), candidato à Prefeitura de São Paulo, foram procurados nesta 2ª feira (28.set.2020) pela PF (Polícia Federal) para intimá-lo a prestar esclarecimentos sobre críticas que teria feito nas redes sociais contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Boulos afirmou, em nota, que “Bolsonaro está usando a PF para nos intimidar e eleger Russomanno”Celso Russomanno (Republicanos-SP) é aliado do presidente. No último sábado (26.set), ele visitou o presidente no hospital, depois de uma cirurgia do mandatário para retirada de cálculo da bexiga.

“Nós não temos medo, nem rabo preso. Isso mostra que eles têm medo da nossa candidatura, porque ela é a que tem mais chances de ir ao segundo turno e derrotar o BolsoDoria em São Paulo. Ele também quer desviar o foco para o que lhe atinge. E os 89 mil do Queiroz para a Michelle?”, questionou.

A intimação de Boulos foi feita dentro de um inquérito Departamento de Inteligência Policial (DIP), segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo. O advogado de Boulos, Alexandre Pacheco Martins, afirmou que iria à sede da PF em Brasília para ter mais informações sobre o inquérito.

“Vamos verificar o conteúdo da investigação para então nos manifestarmos nos autos”, disse ao jornal. Procuradas pelo Poder360, a Polícia Federal e a defesa de Guilherme Boulos não se manifestaram até a publicação dessa reportagem.

ELEIÇÕES 2020

Russomanno lidera as intenções de voto para a Prefeitura paulistana na última pesquisa do Datafolha feita de 21 a 22 de setembro. Cerca de 29% dos entrevistados afirmou que votaria nele se as eleições fossem no dia da pesquisa. Ele é seguido por Bruno Covas (PSDB), com 24% das intenções, e Boulos, com 9%. O 1º turno do pleito está marcado para 15 de novembro. O período de propagando eleitoral iniciou neste domingo (27.set).

Fonte/Créditos: Poder 360

Créditos (Imagem de capa): Reprodução/Facebook

Comentários: