GILSONNETO.COM

Netanyahu é retirado de comício em Israel após lançamento de míssil

Segundo governo israelense, projétil foi lançado da Faixa de Gaza. Israel terá nova eleição legislativa em março.
Netanyahu é retirado de comício em Israel após lançamento de míssil
Foto: Atef Safadi/Pool via AP
54

Netanyahu é retirado de comício em Israel após lançamento de míssil

G1/Mundo

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em campanha pelas primárias de seu partido, foi retirado nesta quarta-feira (25) à noite de um comício em Ashkelon, sul de Israel, após o lançamento de um míssil procedente de Gaza.

Um vídeo divulgado pela emissora de televisão pública Kan 11 mostrou quando um agente de segurança se aproximou de Netanyahu e o avisou de um "alerta vermelho". O premiê saudou os militantes do Likud reunidos no ato e, depois, foi retirado com sua mulher, Sara.

"Um projétil foi lançado da Faixa de Gaza para o território israelense e interceptado pelo sistema de defesa Cúpula de Ferro", indicou o exército em um comunicado, acrescentando que as sirenes de alerta soaram em Ashkelon.

O líder do Likud já havia sido retirado, por motivo semelhante, de um comício nesta mesma localidade do sul de Israel em setembro, em meio à campanha das segundas eleições legislativas convocadas em 2019.

Na quinta-feira, os militantes do Likud elegerão seu novo líder em primárias exigidas por Gideon Saar, o principal rival interno de Netanyahu que espera ocupar seu lugar à frente desta sigla conservadora e nacionalista.

Israel terá, em 2 de março, sua terceira eleição legislativa em menos de um ano. Espera-se, com isso, encerrar a crise política deflagrada depois que nem Netanyahu nem seu adversário Benny Gantz conseguiram formar governo.

OUVIR NOTÍCIA

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em campanha pelas primárias de seu partido, foi retirado nesta quarta-feira (25) à noite de um comício em Ashkelon, sul de Israel, após o lançamento de um míssil procedente de Gaza.

Um vídeo divulgado pela emissora de televisão pública Kan 11 mostrou quando um agente de segurança se aproximou de Netanyahu e o avisou de um "alerta vermelho". O premiê saudou os militantes do Likud reunidos no ato e, depois, foi retirado com sua mulher, Sara.

"Um projétil foi lançado da Faixa de Gaza para o território israelense e interceptado pelo sistema de defesa Cúpula de Ferro", indicou o exército em um comunicado, acrescentando que as sirenes de alerta soaram em Ashkelon.

O líder do Likud já havia sido retirado, por motivo semelhante, de um comício nesta mesma localidade do sul de Israel em setembro, em meio à campanha das segundas eleições legislativas convocadas em 2019.

Na quinta-feira, os militantes do Likud elegerão seu novo líder em primárias exigidas por Gideon Saar, o principal rival interno de Netanyahu que espera ocupar seu lugar à frente desta sigla conservadora e nacionalista.

Israel terá, em 2 de março, sua terceira eleição legislativa em menos de um ano. Espera-se, com isso, encerrar a crise política deflagrada depois que nem Netanyahu nem seu adversário Benny Gantz conseguiram formar governo.

Fonte

G1/Mundo

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Polícia
Polícia busca imagens para identificar quem jogou feto na Jabotiana
Polícia busca imagens para identificar quem jogou feto na Jabotiana
VISUALIZAR
Mundo
Califórnia quer anular 85 mil condenações por maconha
Califórnia quer anular 85 mil condenações por maconha
VISUALIZAR
Entretenimento
Noiva de José de Abreu fala sobre 'olhar julgador' por diferença de idade
Noiva de José de Abreu fala sobre 'olhar julgador' por diferença de idade
VISUALIZAR
Municípios
16 agências do Banese vão passar por restruturação para funcionar como escritório de...
16 agências do Banese vão passar por restruturação para funcionar como escritório de negócios
VISUALIZAR
Mundo
Investigadores descobrem sinais misteriosos vindos do Espaço
Investigadores descobrem sinais misteriosos vindos do Espaço
VISUALIZAR
Polícia
Acidentes com ônibus são responsáveis por 12,3% das mortes nas rodovias federais de Sergipe
Acidentes com ônibus são responsáveis por 12,3% das mortes nas rodovias federais de Sergipe
VISUALIZAR