GILSONNETO.COM

ONU quer mais participação feminina em operações de manutenção de paz

Ele disse ainda que a participação feminina é muito importante nos cuidados a vítimas de abuso sexual.
ONU quer mais participação feminina em operações de manutenção de paz
41

OUVIR NOTÍCIA

A Organização das Nações Unidas (ONU) quer aumentar a proporção de mulheres que participam de operações de manutenção da paz para até 35% ao longo dos próximos 10 anos.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, fez o anúncio nessa quinta-feira (11), durante debate sobre o papel das mulheres na manutenção da paz, organizado pelo Conselho de Segurança da instituição.

Segundo Guterres, as mulheres podem ajudar a tranquilizar moradores e ter acesso a mais informação. Ele disse ainda que a participação feminina é muito importante nos cuidados a vítimas de abuso sexual.

Guterres disse ainda que a ONU tem uma meta que gira entre 15 e 35% de representação feminina no pessoal de manutenção da paz, incluindo cargos militares, policiais, judiciários e de correções, até 2028.

*Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão)

Fonte

Agência Brasil

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Alagoas
Homem é assassinado com seis tiros em Maceió
Homem é assassinado com seis tiros em Maceió
VISUALIZAR
Aracaju
Jacaré é encontrado nos lagos da Orla da Atalaia
Jacaré é encontrado nos lagos da Orla da Atalaia
VISUALIZAR
Mundo
Trump começa campanha pela reeleição já com 25 pré-candidatos lançados
Trump começa campanha pela reeleição já com 25 pré-candidatos lançados
VISUALIZAR
Brasília
Em semana de São João, discussões sobre Reforma da Previdência seguem na Câmara
Em semana de São João, discussões sobre Reforma da Previdência seguem na Câmara
VISUALIZAR
Municípios
Município de Itabi realiza São João, hoje a partir das 18h00
Município de Itabi realiza São João, hoje a partir das 18h00
VISUALIZAR
Brasília
Comissão analisa indenização para Dilma Rousseff de R$ 10 mil por mês
Comissão analisa indenização para Dilma Rousseff de R$ 10 mil por mês
VISUALIZAR